Bolsas

Câmbio

CORREÇÃO-Vendas reais do setor de supermercados recuam 0,5% em comparação anual, diz Abras

(No texto de 31 de agosto, corrige 3º parágrafo para preços, não vendas em todas as regiões tiveram quedas)

SÃO PAULO (Reuters) - As vendas do setor supermercadista brasileiro caíram 0,5 por cento em julho, em valores reais, ante mesmo mês de 2016, devido ao lento ritmo de melhora na economia, afirmou nesta quinta-feira a Associação Brasileira de Supermercados (Abras).

Em relação ao mês anterior, no entanto, as vendas reais de julho subiram 4,21 por cento, informou a Abras. Já no acumulado do ano até julho, o Índice Nacional de Vendas Abras apresenta alta de 0,73 por cento.

Por regiões, os preços em todas as áreas tiveram queda em julho ante junho. O Sudeste teve o maior recuo sequencial, de 2,13 por cento.

A entidade atribuiu o desempenho das vendas aos impactos da situação macroeconômica do país. "A recuperação da economia ainda é lenta, a taxa de desemprego, embora esteja em queda, ainda atinge mais de 13 milhões de brasileiros economicamente ativos", disse o presidente da Abras, João Sanzovo Neto.

No entanto, a associação aposta em uma leve melhora para os resultados anuais de 2017.

"Para os próximos meses, acreditamos em um resultado superior ao acumulado até o momento", disse Sanzovo Neto.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos