Leilão da usina Revati, da Renuka do Brasil, é suspenso a pedido do BNDES

SÃO PAULO (Reuters) - O leilão da usina Revati, da Renuka do Brasil, empresa em recuperação judicial, foi suspenso a pedido do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES), titular de garantias hipotecárias da companhia, informou o banco de fomento nesta segunda-feira.

No comunicado, o BNDES disse que o pedido foi deferido na sexta-feira e que o fez "pois o Plano de Recuperação Judicial viola o disposto na legislação".

Mais cedo, uma fonte com conhecimento do assunto informou à Reuters sobre a suspensão.

Ainda não há uma nova data para o leilão da usina da Renuka, que deveria ter ocorrido nesta segunda-feira, segundo a fonte, que falou na condição de anonimato. Como titular de garantias, o BNDES pode pedir suspensão do processo.

Não foi possível falar imediatamente com a Renuka.

(Por José Roberto Gomes)

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos