Bolsas

Câmbio

Wall St recua com tensões na Coreia do Norte

(Reuters) - Os índices acionários dos Estados Unidos recuaram nesta terça-feira, com o S&P 500 registrando a maior perda diária em cerca de três semanas, com os investidores pressionados por novas tensões com a Coreia do Norte.

O índice Dow Jones <.DJI> caiu 1,07 por cento, a 21.753 pontos, enquanto o S&P 500 <.SPX> perdeu 0,76 por cento, a 2.457 pontos. O índice de tecnologia Nasdaq <.IXIC> recuou 0,93 por cento, a 6.375 pontos.

A Coreia do Norte realizou no domingo o seu sexto teste nuclear, que disse ser uma bomba avançada de hidrogênio para um míssil de longo alcance, marcando uma escalada dramática da relação o regime com os Estados Unidos e seus aliados.

Com os mercados norte-americanos fechados na segunda-feira para o feriado do Dia do Trabalho, a terça-feira foi marcada pelo primeiro dia de negociação regular desde os acontecimentos geopolíticos.

"A Coreia do Norte parece ser o que consegue ter a maior reação (do mercado), pelo menos durante o último mês ou dois", disse Aaron Jett, vice-presidente de pesquisa de capital global da Bel Air Investment Advisors, em Los Angeles.

A diretora do Federal Reserve Lael Brainard disse que o banco central dos EUA deve atrasar a elevação da taxa de juros até que esteja confiando que a inflação que agora está abaixo da meta vai se recuperar.

A ação do Goldman Sachs recuou 3,6 por cento, arrastando o Dow Jones, enquanto o S&P foi puxado para baixo por uma queda de mais de 2 por cento nas ações do JPMorgan e do Bank of America .

(Por Lewis Krauskopf)

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos