CORREÇÃO (OFICIAL)-ABPA contrata advogados para enfrentar disputa sobre frango contra China

(Corrige o nome do escritório para "Hylands Law" no 1º parágrafo, e não "Highlands", conforme retificação da ABPA)

SÃO PAULO (Reuters) - A Associação Brasileira de Proteína Animal (ABPA) contratou os escritórios MPA Trade Law, no Brasil, e HighLands, na China, para a defesa dos exportadores brasileiros de carne de frango na investigação apresentada pelo governo chinês, diante da acusação de pratica de dumping nos negócios junto ao país asiático, afirmou a entidade em nota nesta quarta-feira.

A acusação foi apresentada por produtores de aves chineses, e está fase de investigação e consulta entre os governos do Brasil e da China.

De acordo com o presidente-executivo da ABPA, Francisco Turra, o objetivo é reunir e apresentar todas as informações necessárias, dentro do prazo estabelecido, para esclarecer quaisquer dúvidas sobre a conduta da cadeia exportadora de carne de frango do Brasil.

"O Brasil respeita as normas estabelecidas pela Organização Mundial do Comércio e não pratica dumping", disse Turra em nota.

Além dos escritórios contratados pela ABPA, as empresas acionadas no processo contarão com escritórios de advocacia contratados individualmente para a realização de suas defesas, segundo a associação.

(Por Ana Mano)

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos