Bolsas

Câmbio

PGR pede rescisão de delação premiada de Joesley Batista e Ricardo Saud, diz fonte

BRASÍLIA (Reuters) - O procurador-geral da República, Rodrigo Janot, pediu ao Supremo Tribunal Federal (STF) nesta quinta-feira a rescisão dos acordos de delação premiada do empresário Joesley Batista e do executivo Ricardo Saud, ligados à holding J&F, disse uma fonte com conhecimento do assunto.

O pedido de rescisão foi feito após Janot apresentar uma segunda denúncia contra o presidente Michel Temer, desta vez por chefiar uma organização criminosa e por obstrução de Justiça.

A J&F afirmou, por meio de sua assessoria de imprensa, que grupo não vai se manifestar sobre pedido de Janot relativo à rescisão dos acordos de Joesley e Saud.

(Reportagem de Ricardo Brito, com reportagem adicional de Aluísio Alves, em São Paulo)

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos