Bolsas

Câmbio

BNDES aprova troca de conselheiros na JBS após patriarca da família Batista assumir presidência

Por Rodrigo Viga Gaier

RIO DE JANEIRO (Reuters) - O Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) aprovou nesta segunda-feira a troca dos seus dois conselheiros na JBS, informou o banco de fomento dois dias depois da polêmica troca na presidência da maior processadora de carnes do mundo.

A diretoria do BNDES aprovou a indicação do ex-presidente da Fiat Chrysler, Cledorvino Belini, e do empresário Roberto Penteado de Camargo Ticoulat, que foi vice-presidente da Associação Comercial de São Paulo.

Eles vão entrar nas vagas que eram ocupadas por Maurício Luchetti e Claudia Silvia de Azeredo Santos, que renunciaram aos cargos. "O BNDES agradece por seu excelente trabalho na busca do melhor interesse da companhia como representantes do Banco no conselho”, informou o banco em nota.

No sábado, o conselho de administração da JBS aprovou a escolha de José Batista Sobrinho para a presidência do grupo, no lugar do filho Wesley Batista, que está preso desde a semana passada.

O presidente do BNDES, Paulo Rabello de Castro, disse à Reuters que foi surpreendido pela assembléia que ocorreu na calada da noite e que foi um "ato de malandragem" da família Batista para se manter no comando da empresa de proteína animal.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos