Bolsas

Câmbio

BRF espera impacto positivo de R$310 mi com inclusão de dívida em programa

SÃO PAULO (Reuters) - A empresa de alimentos BRF informou nesta segunda-feira que espera impacto positivo de 310 milhões de reais no resultado do terceiro trimestre com a inclusão de 455 milhões de reais em dívidas fiscais em programa de regularização tributária.

A dívida inclui tributos relativos a PIS, Cofins, CSLL. Segundo a companhia, do total do impacto positivo a ser registrado no balanço, 220 milhões de reais virão na linha do resultado financeiro do período.

A BRF afirmou que 20 por cento do valor nominal dos débitos será pago em parcelas mensais até dezembro deste ano e o restante será pago em 145 parcelas mensais.

"Em função da renúncia da discussão judicial dos débitos mencionados acima, a companhia desvinculou o processo ativo de recuperação do crédito prêmio de IPI da causa passiva, e reconheceu, portanto, um tributo a recuperar no montante aproximado de 640 milhões de reais", disse a BRF em comunicado.

A ação da da BRF fechou em baixa de 0,7 por cento, em fechamento preliminar. O Ibovespa fechou estável.

Na sexta-feira, o governo federal publicou medida provisória prorrogando a adesão ao programa de renegociação tributária, Refis, para 31 de outubro, ampliando a janela para que as leis sobre os temas sejam votadas no Congresso Nacional.

(Por Alberto Alerigi Jr.)

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos