Bolsas

Câmbio

Mercado espanhol recua com votação na Catalunha

LONDRES (Reuters) - As ações espanholas afundaram nesta segunda-feira após um referendo violento na Catalunha trazer incertezas políticas e derrubar a bolsa de Madri enquanto as bolsas europeias atingiram a máxima em três meses e Wall Street renovou os recordes.

O índice FTSEurofirst 300 subiu 0,51 por cento, a 1.533 pontos, enquanto o índice pan-europeu STOXX 600 ganhou 0,51 por cento, a 390 pontos.

O STOXX iniciou o quarto trimestre em território positivo impulsionado pela fraqueza do euro. Mas o IBEX, da Espanha, caiu 1,5 por cento depois que os catalães desafiaram a repressão policial para votar pela independência no referendo que o governo espanhol disse ser inconstitucional.

O índice espanhol IBEX tem tido uma performance mais forte entre as bolsas europeias, com alta de 10 por cento no ano até agora, mas perdeu um pouco do seu brilho com o referendo.

As ações de bancos sediados na Catalunha como o Sabadell e Caixabank estavam entre os papéis com piores performance no índice espanhol, em queda de 4,4 por cento e 4,5 por cento, respectivamente.

As instituições financeiras da zona do euro sentiram o resultado das suas equivalentes espanholas e perderam 0,7 por cento.

"É claramente um efeito catalão" nas ações das instituições financeiras, disse Stephane Barbier de la Serre, estrategista na Makos Capital Markets.

Fora do setor financeiro, os mercados europeus pareceram estar imunes aos eventos na Espanha.

EasyJet, Ryanair e Lufthansa estavam entre as maiores altas, com valorização entre 3,5 por cento e 5,2 por cento, depois que a companhia aérea Monarch Airlines faliu.

As ações do setor de viagens e lazer ganharam 0,9 por cento, com a alta das companhias aéreas com a perspectiva de conquistar assentos da Monarch, no último fracasso do setor depois que Alitalia e Air Berlin sucumbiram mais cedo neste ano.

Em LONDRES, o índice Financial Times avançou 0,90 por cento, a 7.438 pontos.

Em FRANKFURT, o índice DAX subiu 0,58 por cento, a 12.902 pontos.

Em PARIS, o índice CAC-40 ganhou 0,39 por cento, a 5.350 pontos.

Em MILÃO, o índice Ftse/Mib teve valorização de 0,51 por cento, a 22.811 pontos.

Em MADRI, o índice Ibex-35 registrou baixa de 1,21 por cento, a 10.255 pontos.

Em LISBOA, o índice PSI20 desvalorizou-se 0,20 por cento, a 5.399 pontos.

(Por Helen Reid e Julien Ponthus)

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos