Bolsas

Câmbio

Rosengren, do Fed, cita mercado de trabalho nos EUA e defende aumento dos juros

MONTREAL (Reuters) - O Federal Reserve (Fed), o banco central dos Estados Unidos, deve responder ao "apertado" mercado de trabalho norte-americano aumentando gradualmente as taxas de juros ou corre o risco de atrapalhar a recuperação econômica, disse uma autoridade da instituição neste sábado.

Em discurso preparado que voltou a expor amplamente seus pontos de vista, o presidente do Fed de Boston, Eric Rosengren, disse esperar que o mercado trabalhista melhore ainda mais após o desemprego nos EUA cair para 4,2 por cento no mês passado, no nível mais baixo desde 2001.

"Falhar em responder aos mercados trabalhistas muito apertados, com as taxas (de juros) se mantendo em patamares negativos, em termos reais, pode possivelmente" prejudicar a recuperação econômica", disse Rosengren, que falava em uma conferência em Montreal, no Canadá.

Ele não vota sobre política monetária neste ano, mas seus comentários frequentemente prescrevem a política geral do Fed.

O Fed aumentou as taxas de juros três vezes em menos de um ano e deve aumentar novamente em dezembro.

(Reportagem de Nelson Wyatt, em Montreal)

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos