Bolsas

Câmbio

Índice acionário de blue-chips da China recua pressionado por bancos

XANGAI/TÓQUIO (Reuters) - O índice de blue-chips da China recuou nesta quarta-feira, com a alta nos setores de recursos básicos e de infraestrutura sendo ofuscada pela queda nos bancos e após uma pesquisa mostrar que a produção industrial em outubro cresceu no ritmo mais fraco em quatro meses.

O índice CSI300, que reúne as maiores companhias listadas em Xangai e Shenzhen, recuou 0,24 por cento, enquanto o índice de Xangai teve alta de 0,08 por cento.

A produção industrial da China cresceu no ritmo mais fraco em quatro meses em outubro e as empresas continuaram a cortar empregos apesar da ligeira aceleração nas encomendas domésticas e para exportação.

O Índice de Gerentes de Compras (PMI, na sigla em inglês) do Caixin/Markit, que seguiu uma pesquisa oficial similar na terça-feira que apontou para uma desaceleração inesperada no setor industrial da China, reforçou as preocupações de que a recuperação econômica do país está perdendo força.

"Esperamos que o impulso do crescimento se enfraqueça nos próximos meses à medida que cresce a pressão da redução do crédito, além da intensificação da redução do apoio fiscal após o Congresso do Partido e a repressão ambiental", escreveu o economista da Capital Economics Julian Evans-Pritchard.

O desempenho dos setores foi misto. O setor de infraestrutura subiu 0,8 por cento e o de recursos básicos foi sustentado pela força do mercado de commodities, cujo indicador de energia teve alta de 0,7 por cento.

Já o setor bancário recuou 0,6 por cento.

Já o principal índice da Ásia atingiu a máxima de 10 anos nesta quarta-feira em meio a dados de crecimento econômico global sólidos.

O índice MSCI, que reúne ações da região Ásia-Pacífico com exceção do Japão, tinha alta de 0,98 por cento às 7:46 (horário de Brasília), impulsionado por altas de 1,31 por cento no índice da Coreia do Sul.

. Em TÓQUIO, o índice Nikkei avançou 1,86 por cento, a 22.420 pontos.

. Em HONG KONG, o índice HANG SENG subiu 1,23 por cento, a 28.594 pontos.

. Em XANGAI, o índice SSEC ganhou 0,08 por cento, a 3.396 pontos.

. O índice CSI300, que reúne as maiores companhias listadas em XANGAI e SHENZHEN, retrocedeu 0,24 por cento, a 3.996 pontos.

. Em SEUL, o índice KOSPI teve valorização de 1,31 por cento, a 2.556 pontos.

. Em TAIWAN, o índice TAIEX registrou alta de 0,12 por cento, a 10.806 pontos.

. Em CINGAPURA, o índice STRAITS TIMES valorizou-se 0,52 por cento, a 3.391 pontos.

. Em SYDNEY o índice S&P/ASX 200 avançou 0,49 por cento, a 5.937 pontos.

(Por Hideyuki Sano, Luoyan Liu e John Ruwitch)

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos