Bolsas

Câmbio

Índice tem leves variações após decisão do Fed

SÃO PAULO (Reuters) - O principal índice da bolsa paulista oscilava entre leves altas de baixas após a decisão do Federal Reserve, banco central dos Estados Unidos, que manteve a taxa básica de juros e indicou a manutenção do ritmo gradual de altas.

Às 16:18, o Ibovespa caía 0,17 por cento, a 74.179 pontos. O giro financeiro era de 7,38 bilhões de reais.

Após abrir em alta e subir 1,2 por cento na máxima da sessão, o Ibovespa perdeu força durante a tarde, caindo quase 0,5 por cento na mínima, abaixo dos 74 mil pontos.

Em seu comunicado, o Fed ressaltou o sólido crescimento econômico dos Estados Unidos e o fortalecimento no mercado de trabalho, enquanto minimizou o impacto dos recentes furacões, sinal de que está no caminho para aumentar a taxa em dezembro.

No entanto, segundo operadores, o banco central não trouxe mudanças significativas para mudar a tendência do ritmo gradual na alta de juros, o que ajudou a tirar alguma pressão sobre o mercado acionário brasileiro.

As ações preferenciais do Bradesco caíam 2,45 por cento, entre as maiores pressões negativas, após divulgar seu balanço referente ao terceiro trimestre. Itaú Unibanco também pressionava o índice, com queda de 1 por cento.

Eletrobras ON e ELETROBRAS PNB caíam 5,85 e 6 por cento, respectivamente, com as maiores quedas do índice, com a informação de que o governo federal deve optar por um projeto de lei para viabilizar a privatização da estatal elétrica, ao invés de uma medida provisória, conforme previsto anteriormente.

Na ponta positiva, Vale seguia entre as principais influência, com alta de 2,2 por cento.

(Por Flavia Bohone)

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos