Bolsas

Câmbio

Presidente do BC do Japão se diz confiante em fortalecimento da economia e perspectiva de inflação

NAGOYA, Japão (Reuters) - O presidente do banco central do Japão, Haruhiko Kuroda, disse nesta segunda-feira que o crescimento econômico está se fortalecendo e aumentando as chances de a inflação alcançar a meta de 2 por cento, reforçando as expectativas do mercado de que nenhum estímulo adicional está a caminho.

Kuroda disse que o banco central observa atentamente os efeitos econômicos da política monetária ultrafrouxa prolongada, particularmente o dano que ela pode causar nas margens das instituições financeiras.

"A atual expansão econômica não depende de fatores específicos e está apoiada em vários elementos. Portanto, vemos a expansão como altamente sustentável", disse Kuroda em um discurso para líderes empresariais em Nagoya.

"O Banco do Japão está atento ao risco de que sua política de taxas de juros baixas, se prolongada, pode pressionar os lucros das instituições financeiras", acrescentou, observando que lucros reduzidos podem desencorajar as instituições financeiras de aumentar os empréstimos.

Kuroda também admitiu que as grandes compras do banco central japonês levaram a uma volatilidade "muito baixa" no mercado de títulos do país, o que pode agravar as mudanças no mercado, um risco que os bancos centrais devem estar cientes.

As declarações ressaltam a visão dominante dentro do banco central de que sua política de limitar os custos de empréstimos de longo prazo para cerca de zero, juntamente com o fortalecimento da recuperação econômica, serão suficientes para atingir a ambiciosa meta de inflação de 2 por cento.

(Por Leika Kihara)

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos