Bolsas

Câmbio

Proposta de maior mistura de biodiesel ao diesel será avaliada em reunião do CNPE

SÃO PAULO (Reuters) - O governo levará à próxima reunião extraordinária do Conselho Nacional de Política Energética (CNPE), na próxima quinta-feira, a proposta de antecipar o aumento da mistura de biodiesel no diesel para 10 por cento para março de 2018, afirmou nesta segunda-feira o secretário de Petróleo e Gás do Ministério de Minas e Energia, Márcio Félix.

"A mensagem que trago aqui, em nome do ministro Fernando Coelho Filho, é de que levaremos na próxima reunião extraordinária do CNPE a proposta de antecipar o aumento da mistura de biodiesel no diesel de março de 2019 para março de 2018”, afirmou Félix, durante em evento da consultoria Datagro em São Paulo.

Félix já havia afirmado em setembro que o governo, até o fim do ano, anteciparia o aumento da mistura, dos atuais 8 por cento (B8) para 10 por cento (B10). O tema agora será oficialmente levado para análise do CNPE, colegiado que reúne autoridades do governo federal relacionadas ao setor de energia.

Cálculos das Associação Brasileira da Indústria de Óleos Vegetais (Abiove) mostram que, se a mistura passar para B10 em março, a produção de biodiesel poderia ir a 5,3 bilhões de litros em 2018, representando economia de 3,2 bilhões de dólares com importação de diesel. Para 2017, a fabricação de biodiesel está estimada em 4,2 bilhões de litros.

Em paralelo, Félix comentou que o ministro Fernando Coelho Filho participa nesta segunda-feira de reunião com o presidente Michel Temer que tem como um dos temas o RenovaBio, programa de incentivo aos biocombustíveis atualmente em discussão no governo.

(Por José Roberto Gomes)

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos