Société Mondiale diz que apoia ordem da Anatel de exigir ser consultada sobre decisões da Oi

BRASÍLIA (Reuters) - O fundo Société Mondiale, um dos maiores acionistas da Oi, disse nesta segunda-feira que recebeu com satisfação decisão da Agência Nacional de Telecomunicaçõs (Anatel) de exigir ser consultada sobre decisões da operadora em recuperação judicial Oi.

Em acórdão datado desta segunda-feira e distribuído por fontes ligadas ao conselho da Oi, a Anatel determina que a Oi se abstenha de assinar a proposta de apoio ao plano de recuperação judicial (PSA - Plan Support Agreement) aprovado pelo conselho da companhia no dia 3, "antes da apreciação da minuta pelo conselho diretor da Anatel".

O acórdão também determina que a Oi informe a agência com antecedência sobre reuniões de seu conselho ou de diretoria, para que o órgão regulador possa enviar representante.

(Por Leonardo Goy)

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos