Bolsas

Câmbio

Produção de veículos sobe 5,3% em outubro ante setembro

SÃO PAULO (Reuters) - A produção brasileira de veículos em outubro subiu 5,3% em relação a setembro e avançou 42,2% na comparação com o mesmo mês de 2016, para 249,9 mil unidades, informou a Anfavea (Associação Nacional dos Fabricantes de Veículos Automotores) nesta quarta-feira (8).

As vendas de carros, comerciais leves, caminhões e ônibus novos no país no mês passado somaram 202.857 unidades, crescimentos de 1,8% na comparação mensal e de 27,6% na relação anual.

Leia mais:

As exportações subiram 66,6% ante outubro do ano anterior, devido à forte demanda de países como a Argentina.

"Os mercados que são nossos clientes estão com desempenho bom, então a gente acredita que vai atingir a meta. Temos tudo para chegar ao total de 745 mil unidades", disse o presidente da Anfavea, Antonio Megale, se referindo à projeção de vendas externas do setor neste ano.

Preocupação com cenário político

Apesar da percepção de uma melhora no ambiente de negócios, especialmente no segundo semestre, a entidade demonstra preocupação com o cenário político e a continuidade da agenda de reformas, que vê como necessária para o crescimento da economia.

"Nós achamos que as reformas são fundamentais. A queda na inflação, da taxa de juros, o teto dos gastos, tudo isso é fundamental para que o país continue evoluindo. Agora, a gente vê com preocupação o encaminhamento da reforma da previdência", disse Megale.

A Anfavea ainda não concluiu análise para fazer projeções sobre produção de veículos em 2018, mas acredita em crescimento "da ordem de dois dígitos", disse Megale. No ano até o fim de outubro, a produção acumula crescimento de 28,5%.

(Por Natália Scalzaretto)

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos