Bolsas

Câmbio

Lucro industrial da Siemens cai antes de ano com mudanças

MUNIQUE (Reuters) - A companhia de engenharia alemã Siemens divulgou recuo de 10 por cento em seu lucro industrial, queda maior que a esperada e sinalizou um ano difícil pela frente, enquanto reestrutura seus negócios de turbinas e energia eólica.

A Siemens está encolhendo operações conforme busca reduzir a estrutura de seu conglomerado e se reestruturar como uma empresa de softwares industriais. Ela está listando sua unidade de produtos de saúde e colocando seus negócios de energia eólica e ferrovias em joint ventures.

Mas os resultados foram prejudicados pelas grandes turbinas a gás que são cada vez mais indesejadas em um mundo que está se encaminhando para energias renováveis e alguns problemas em uma joint venture de energia eólica Siemens Gamesa.

O lucro industrial foi de 2,2 bilhões de euros para o trimestre encerrado em setembro, abaixo da estimativa média de analistas consultados pela Reuters, de 2,49 bilhões de euros

"Temos que atacar problemas estruturais em alguns negócios individuais", disse o presidente-executivo Joe Kaeser, nesta quinta-feira. "Há muito trabalho pela frente no ano fiscal de 2018."

A receita subiu 1 por cento no quarto trimestre da Siemens, para 22,3 bilhões de euros. Os pedidos saltaram 16 por cento, para 23,7 bilhões de euros.

(Por Georgina Prodhan)

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos