Leilão da ferrovia Norte-Sul deve ocorrer somente no segundo trimestre de 2018, diz fonte

BRASÍLIA (Reuters) - A versão final do edital de concessão da ferrovia Norte-Sul deve ser publicada apenas em fevereiro do próximo ano, e não mais em dezembro, como era planejado, disse à Reuters uma fonte do governo federal, que prevê o leilão da linha para o segundo trimestre do próximo ano.

Quando a minuta do edital foi lançada, em junho, a expectativa era de que o leilão da ferrovia ocorresse em fevereiro, mas segundo duas fontes do governo federal que acompanham o assunto, o volume de contribuições recebidas no processo de consulta pública das minutas foi muito grande, e acabou alongando o processo de elaboração do documento definitivo.

Algumas mudanças também estão em estudo e podem ser incorporadas ao documento. Uma delas seria a eventual redução do valor mínimo da outorga, hoje estimado em cerca de 1,6 bilhão de reais, caso seja necessário incluir entre as obrigações do concessionário a conclusão de obras que hoje estão a cargo da estatal Valec.

A ideia do governo é conceder à iniciativa privada trecho de cerca de 1.537 quilômetros da ferrovia, entre Porto Nacional (TO) e Estrela d'Oeste (SP).

Quando estiver plenamente operacional, a ferrovia será um importante eixo para transporte de cargas, unindo as regiões produtoras de grãos do Centro-Oeste aos portos do Norte e do Sul e Sudeste.

(Por Leonardo Goy)

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos