Bolsas

Câmbio

Ações europeias ignoram preocupações sobre governo alemão e sobem

Danilo Masoni e Hakan Ersen

MILÃO/FRANKFURT (Reuters) - As ações europeias subiram nesta segunda-feira com maior confiança na atividade econômica global e com o recuo do euro incentivando os investidores a evitarem preocupações com o colapso das negociações do governo de coalizão da Alemanha.

O índice FTSEurofirst 300 subiu 0,63%, a 1.519 pontos, enquanto o índice pan-europeu STOXX 600 ganhou 0,67%, a 386 pontos.

O índice alemão DAX avançou 0,5%, mais de 60 pontos acima do índice de referência de 13.000 pontos após a reversão de perdas da manhã que levaram o índice a cair 0,5%.

A chanceler Angela Merkel disse na segunda-feira que seus esforços para formar uma coalizão de três vias haviam falhado, empurrando a Alemanha, a maior economia da Europa, mais perto de uma possível nova eleição, mas os mercados não estavam com vontade de deixar a política estragar seu dia.

"Nós não esperamos que haja uma verdadeira crise política ou uma mudança sustentável na política alemã", disse o economista Jan Bottermann, do Banco Nacional de Essen.

"Os mercados são impulsionados pelo bom ambiente internacional, que continuará a proporcionar à economia alemã um forte crescimento", disse ele, enquanto outros analistas apontaram que a queda de 0,4% do euro em relação ao dólar também proporcionou um impulso para as ações europeias.

A Volkswagen teve o melhor desempenho entre as blue-chips alemãs, com alta de 4,2% depois que a montadora aumentou a perspectiva de médio prazo, sustentando que o investidor espera que o fabricante de automóveis possa continuar sua recuperação, apesar de pagar bilhões em custos por sua ofensiva de carro elétrico.

As ações do ProSiebenSat.1 avançaram 3,2% em meio às notícias de que seu principal executivo poderia renunciar após uma série de erros, reativando esperanças de que a empresa alemã pudesse se tornar um alvo de aquisição.

A Roche teve ganho de 5,9%, no melhor desempenho do STOXX 600, depois que a farmacêutica suíça anunciou duas vitórias em seus experimentos.

  • O índice FTSEurofirst 300 fechou em alta de 0,63%, a 1.518 pontos.
  • Em LONDRES, o índice Financial Times avançou 0,12%, a 7.389 pontos.
  • Em FRANKFURT, o índice DAX subiu 0,50%, a 13.058 pontos.
  • Em PARIS, o índice CAC-40 ganhou 0,40%, a 5.340 pontos.
  • Em MILÃO, o índice Ftse/Mib teve valorização de 0,44%, a 22.189 pontos.
  • Em MADRI, o índice Ibex-35 registrou alta de 0,15%, a 10.025 pontos.
  • Em LISBOA, o índice PSI20 valorizou-se 0,41%, a 5.280 pontos.

(Reportagem adicional de Julien Ponthus)

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos