Bolsas

Câmbio

Após semana de folga, Câmara volta aos trabalhos e aprova MP que cria fundo para PPPs

(Reuters) - Depois de uma semana de folga, a Câmara dos Deputados voltou aos trabalhos nesta terça-feira e aprovou uma medida provisória que cria um fundo para Parcerias Público-Privadas (PPPs) que perderá validade caso não seja aprovada ainda nesta semana pelo Senado.

De acordo com a Agência Câmara Notícias, a MP autoriza a União a participar, com até 180 milhões de reais, de um fundo para financiar a contratação de serviços técnicos especializados destinados a montar projetos de concessão e PPPs.

Com a votação desta medida provisória, os deputados passaram a analisar uma MP que aumenta alíquotas da Compensação Financeira pela Exploração de Recursos Minerais (Cfem), uma espécie de royalty pago pelas mineradoras a Estados e municípios. O texto em análise também altera a distribuição dos recursos entre os órgãos e entes federados beneficiados.

Essa medida provisória perderá validade na terça-feira da próxima semana caso não seja aprovada pela Câmara e pelo Senado.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos