Ibovespa tem 3ª alta seguida, com expectativa por reforma da Previdência

Por Flavia Bohone

SÃO PAULO (Reuters) - O principal índice acionário da B3 fechou em alta pelo terceiro pregão seguido nesta terça-feira, com o tom positivo na volta do feriado amparado nas articulações do presidente Michel Temer para aprovação da reforma da Previdência, em sessão marcada pelo vencimento de opções sobre ações.

O Ibovespa fechou em alta de 1,58 por cento, a 74.594 pontos. O giro financeiro do pregão somou 13,56 bilhões de reais, já incluindo o vencimento que ocorreu na primeira parte da sessão e somou 3,6 bilhões de reais.

Temer escolheu o deputado o deputado Alexandre Baldy, ligado ao presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), para o Ministério das Cidades e ainda costura para agradar a bancada de deputados do PMDB. As medidas visam angariar apoio para avançar uma versão mais enxuta da reforma da Previdência, vista pelo mercado como necessária para as contas públicas.

"O mercado ficou mais animado com essa possibilidade da reforma ministerial para emplacar a reforma da Previdência. Além disso, com as quedas recentes a bolsa ficou mais barata, abrindo oportunidades de compra", disse o sócio analista da Eleven Financial Raphael Figueredo.

O exterior mais positivo também ajudou a manter os ganhos. Por volta das 18:20, o S&P 500 subia 0,6 por cento.

DESTAQUES

- SMILES ON teve valorização de 5,97 por cento, acompanhando a melhora na recomendação para a controladora Gol o que, segundo analistas, pode implicar em menos pressões para a Smiles.

- CEMIG PN avançou 2,86 por cento, após acordo fechado com os principais bancos credores para refinanciar até 4 bilhões de reais em dívidas.

- COSAN ON subiu 1,08 por cento, após sua controladora Cosan Limited informar que iniciará nesta terça-feira uma oferta para recompra de até 200 milhões de dólares de ações ordinárias Classe "A" na Bolsa de Nova York. Na véspera, os papéis subiram quase 9 por cento no mercado norte-americano, após o anúncio da oferta.

- VALE ON subiu 3,43 por cento, em sessão de alta dos contratos futuros do minério de ferro na China. - ITAÚ UNIBANCO PN avançou 2 por cento e BRADESCO PN teve valorização de 2,29 por cento.

- PETROBRAS PN cedeu 0,75 por cento e PETROBRAS ON caiu 0,97 por cento, devolvendo ganhos de mais cedo, após a agência Bloomberg informar que, longe de acordo do governo e a petroleira, o Ministério da Fazenda levará a renegociação da cessão onerosa para a Advocacia Geral da União.

- GOL PN e AZUL PN, que não fazem parte do Ibovespa, subiram 4,93 por cento e 4,75 por cento, respectivamente, após o JP Morgan elevar o preço-alvo para as ações de ambas. No caso da Gol, o novo preço é de 16,50 reais, acima dos 12,50 reais anteriormente, enquanto para a Azul, o novo preço é de 37 reais, ante 35 reais.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos