Marun é escolhido como novo ministro da Secretaria de Governo no lugar de Imbassahy, dizem fontes

Por Ricardo Brito

BRASÍLIA (Reuters) - Em mais um movimento para tentar cabalar votos para aprovar a nova versão da reforma da Previdência, o deputado Carlos Marun (PMDB-MS) foi escolhido pelo presidente Michel Temer para assumir o cargo de ministro da Secretaria de Governo no lugar do tucano Antonio Imbassahy, disseram duas fontes do PMDB à Reuters.

Deputado federal de primeiro mandato e aliado do ex-presidente da Câmara Eduardo Cunha, Marun foi a indicação levada pela bancada do PMDB ao presidente. Com a escolha, Temer decidiu fazer um aceno a seu partido após ter escolhido o deputado Alexandre Baldy (sem partido-GO) --que contou com o apoio do PP e do presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ)-- para o Ministério das Cidades, vago desde a saída de Bruno Araújo (PSDB).

A tendência é que Marun tome posse nesta quarta-feira às 17h no Palácio do Planalto jutamente com Baldy. A posse de Baldy estava inicialmente marcada para as 15h30, mas foi adiada para tentar conciliar com a escolha do peemedebista.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos