Temer pede apoio a governadores para aprovar reforma da Previdência

BRASÍLIA (Reuters) - O presidente Michel Temer pediu empenho aos governadores para convencer suas bancadas da importância da aprovação da reforma da Previdência, afirmou nesta quarta-feira a vice-governadora do Paraná, Cida Borghetti (PP), na saída de almoço no Palácio da Alvorada.

"O presidente, de uma forma muito democrática, pediu apoio dos governadores e de suas bancadas para a aprovação", disse a vice-governadora a jornalistas após o encontro promovido pelo presidente com diversos governadores e vice-governadores.

Segundo ela, ficou claro que há um consenso entre os governadores a respeito da importância de se aprovar a matéria o mais rapidamente possível. "Ainda este ano", afirmou ao sair da reunião, que classificou como "muito produtiva".

Sobre o conteúdo do projeto apresentado pelo relator da reforma, deputado Arthur de Oliveira Maia (PPS-BA), a vice-governadora não quis entrar em detalhes, dizendo apenas que o relator sanou dúvidas dos presentes durante a reunião.

Além do almoço com os governadores, Temer terá nesta quarta-feira um jantar com deputados da base aliada para a apresentação da nova versão da reforma da Previdência.

Por ser uma Proposta de Emenda à Constituição (PEC), a reforma da Previdência precisa do apoio de 308 dos 513 deputados em dois turnos de votação. Depois, também em dois turnos de votação, precisa do apoio de 49 dos 81 senadores.

(Por Mateus Maia)

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos