Exportações e investimentos impulsionam crescimento da Alemanha no 3º trimestre

BERLIM (Reuters) - A recuperação das exportações e o aumento dos investimentos empresariais foram os principais responsáveis pelo crescimento da economia da Alemanha no terceiro trimestre, de acordo com dados detalhados divulgados nesta quinta-feira, confirmando a leitura preliminar de expansão de 0,8 por cento no período.

A Agência Federal de Estatísticas informou que as exportações aumentaram 1,7 por cento no trimestre e as importações subiram 0,9 por cento.

Os investimentos empresariais em maquinário e equipamentos avançaram 1,5 por cento, enquanto os gastos das famílias caíram 0,1 por cento e os gastos estatais ficaram estáveis.

Os dados destacam o ressurgimento das exportações como motor do crescimento em uma economia que tem contado principalmente com o consumo privado e os gastos estatais para um ciclo de crescimento também sustentado pelo boom do setor de construção e pelos juros baixos.

Os dados mostraram que o investimento em construção caiu 0,4 por cento, o que fez com o que o setor não contribuísse para o crescimento no terceiro trimestre, em um sinal de que o boom da construção pode estar acabando.

(Reportagem de Joseph Nasr)

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos