Ibovespa recua em dia de noticiário esvaziado e à espera de Previdência

Por Flavia Bohone

SÃO PAULO (Reuters) - O principal índice da bolsa paulista fechou no vermelho nesta sexta-feira, em dia de noticiário político e econômico esvaziado e com pregão mais curto nos Estados Unidos, o que reduziu novamente a liquidez, enquanto investidores aguardam novidades sobre a reforma da Previdência.

O Ibovespa fechou em queda de 0,44 por cento, a 74.157 pontos, após oscilar entre queda de 0,53 por cento na mínima e registrar variação positiva de 0,08 por cento na máxima da sessão. Na semana, o índice acumulou alta de 0,98 por cento.

O giro financeiro somou 6,95 bilhões de reais, abaixo da média diária para o mês até quarta-feira, de 10,19 bilhões de reais, com o pregão reduzido nos EUA enxugando a liquidez no mercado local. Na véspera, com o feriado norte-americano do Dia de Ação de Graças, o giro financeiro na bolsa paulista ficou em menos da metade da média diária para novembro.

Localmente, os investidores seguem em compasso de espera por novidades em torno do avanço das negociações para votar a reforma da Previdência, deixando o mercado mais sensível a qualquer notícia sobre o tema nos próximos dias.

"O foco do mercado é a Previdência. É a menina dos olhos para o que mercado possa respirar e tirar o últimos acontecimentos do ano da frente", disse o gerente de renda variável da H.Commcor Ari Santos.

DESTAQUES

- ELETROBRAS ON caiu 1,33 por cento e ELETROBRAS PNB perdeu 1,36 por cento, após a elétrica pedir mais prazo para privatização de suas seis distribuidoras de eletricidade que atuam no Norte e Nordeste. Segundo analistas da corretora Coinvalores, ainda que o adiamento já fosse esperado, o movimento deve causar pressões de curto prazo.

- NATURA ON recuou 2,73 por cento, ampliando o movimento de ajuste visto nas três sessões anteriores, após o papel disparar 12,5 por cento em apenas dois pregões na sequência da divulgação do resultado trimestral.

- PETROBRAS PN caiu 0,56 por cento e PETROBRAS ON teve baixa de 0,54 por cento, anulando as altas vistas mais cedo, apesar do tom positivo para petróleo no mercado internacional.

- VALE ON avançou 1,68 por cento, em linha com o movimento dos contratos futuros do minério de ferro na China, que fecharam em alta de 1,5 por cento nesta sexta-feira na bolsa de Dalian.

- LOJAS AMERICANAS PN teve baixa de 0,33 por cento, GPA PN recuou 0,35 por cento. Fora do índice, B2W ON caiu 1,02 por cento, enquanto MAGAZINE LUIZA ON e VIA VAREJO UNIT avançaram 4,67 e 3,19 por cento, respectivamente. Segundo o analista da Lerosa Investimentos, Vitor Suzaki, a expectativa era que os principais beneficiários da Black Friday fossem os vendedores de eletrônicos, com vantagens para Magazine Luiza e Via Varejo, que se prepararam melhor.

- OI ON caiu 4,54 por cento e OI PN perdeu 2,44 por cento, ampliando as perdas no fim da tarde, após notícia de renúncia do presidente-executivo da empresa de telefonia, Marco Schroeder. Os papéis não fazem parte do Ibovespa.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos