Bolsas

Câmbio

Petrobras corta preço da gasolina em 1,8% após duas altas consecutivas

Marta Nogueira

RIO DE JANEIRO (Reuters) - A Petrobras reduzirá em 1,8% o preço médio da gasolina em suas refinarias às distribuidoras a partir de sábado (25), após duas altas consecutivas de 1,9% e 5,1% nos dias imediatamente anteriores, de acordo com informações no site da companhia.

As variações dos preços da petroleira estatal não necessariamente impactam imediatamente os preços nos postos de combustíveis, uma vez que o repasse depende da cadeia de distribuição e vendas.

Nesta sexta-feira, a Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP) deverá publicar sua pesquisa semanal de preços.

A gasolina tem renovado máximas nominais (sem considerar a inflação) nas bombas na série histórica da ANP iniciada em 2013, ajudada pela decisão do governo federal de elevar tributos dos combustíveis (PIS/Cofins) no fim de julho.

Na semana passada, o preço médio da gasolina atingiu máxima pela segunda semana seguida.

Já os preços médio do diesel serão reduzidos em 0,5% nas refinarias da Petrobras a partir de sábado. Na véspera, a companhia havia anunciado corte de 0,3% do diesel válido a partir desta sexta-feira.

População entende alta dos combustíveis, como diz Temer?

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos