Prévia da confiança da indústria indica 5° alta seguida em novembro, para máxima desde 2014, diz FGV

SÃO PAULO (Reuters) - A prévia do Índice de Confiança da Indústria (ICI) indicou em novembro o quinto avanço seguido com melhora tanto da situação atual quanto das expectativas, atingindo nível mais alto desde fevereiro de 2014.

A prévia do ICI apontou alta de 2,7 pontos em novembro, chegando a 98,1 pontos, segundo os dados divulgados nesta sexta-feira pela Fundação Getulio Vargas (FGV), a máxima desde fevereiro de 2014 (98,3 pontos).

Em novembro, o Índice de Expectativas (IE) subiria 3,8 pontos, para 99,0 pontos, enquanto o Índice da Situação Atual (ISA) deve avançar 1,7 ponto, chegando a 97,2 pontos.

Os dados mostram por outro lado queda no Nível de Utilização da Capacidade Instalada da Indústria, de 0,5 ponto percentual no resultado preliminar de novembro, para 73,8 por cento.

Em setembro, a produção industrial brasileira voltou a subir após uma pausa no mês anterior, porém com um resultado abaixo do esperado que destaca o ritmo gradual da recuperação da economia do país.

(Por Thaís Freitas)

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos