Bolsas

Câmbio

Confiança da construção do Brasil tem 6ª alta seguida em novembro com melhora de contratos, diz FGV

SÃO PAULO (Reuters) - A confiança da construção do Brasil apresentou avanço em novembro pelo sexto mês seguido diante da melhora da percepção sobre a certeira de contratos, apontou a Fundação Getulio Vargas (FGV) nesta segunda-feira.

Os dados divulgados pela FGV mostraram que o Índice de Confiança da Construção (ICST) do país subiu 1,1 ponto neste mês e foi a 79,1 pontos.

"Em novembro, vale destacar que a percepção das empresas em relação à carteira de contratos teve forte avanço. Também houve aumento nas assinalações de contratações de mão de obra nos próximos meses...atingindo o maior patamar desde dezembro de 2014", apontou a coordenadora de projetos da construção da FGV/IBRE, Ana Maria Castelo, em nota.

A melhora da confiança em novembro foi baseada exclusivamente na percepção sobre a situação corrente das empresas.

O Índice da Situação Atual (ISA-CST) teve alta de 3 pontos, a 69,2 pontos, influenciado principalmente pelo indicador que mede a situação atual da carteira de contratos.

"Estes resultados representam uma sinalização importante de melhora da atividade da construção nos últimos meses do ano, o que, por sua vez, traz perspectivas mais positivas para o setor em 2018", completou Ana Maria Castelo.

Por outro lado o Índice de Expectativas (IE-CST) recuou 0,8 ponto, para 89,4 pontos, pressionado pelo indicador que mede a demanda para os três meses seguintes.

A FGV informou ainda, em nota separada, que o Índice Nacional de Custos da Construção (INCC-M) teve alta de 0,28 por cento em novembro, acelerando ante 0,19 por cento em outubro.

(Por Thaís Freitas)

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos