Bolsas

Câmbio

Aneel aprova alta de quase 40% em tarifas no Amapá; conta em Rondônia sobe 8%

(Reuters) - A diretoria da Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) aprovou em reunião nesta terça-feira um processo de revisão das tarifas da Companhia de Eletricidade do Amapá (CEA) que terá impacto médio de 37,36 por cento para os consumidores da distribuidora, que é controlada pelo governo estadual.

O aumento autorizado para a CEA foi realizado em revisão tarifária periódica, que acontece em intervalo médio de quatro anos. Segundo nota da Aneel, o reajuste reposiciona as tarifas cobradas dos consumidores após "analisar os custos eficientes e os investimentos prudentes para a prestação dos serviços de distribuição de energia elétrica".

Os diretores do órgão regulador também aprovaram mudanças nas tarifas da distribuidora da Eletrobras responsável pelo fornecimento em Rondônia, que subirão em média 8,27 por cento para os consumidores após um reajuste anual.

Segundo a Aneel, a CEA atende 202 mil unidades consumidoras no Amapá, enquanto a subsidiária da Eletrobras em Rondônia atende 631 mil unidades. As novas tarifas entram em vigor no dia 30 de novembro.

A Eletrobras já anunciou planos de privatizar em 2018 suas seis distribuidoras de eletricidade, incluindo a responsável pelo serviço em Rondônia.

Já a CEA está entre uma série de distribuidoras estatais cuja privatização deve ser incentivada pelo governo federal, uma lista que inclui também as empresas da Eletrobras.

(Por Luciano Costa, de São Paulo)

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos