Bolsas

Câmbio

Mercados acionários europeus recuam após notícia sobre Flynn

LONDRES (Reuters) - As ações europeias, que estavam se recuperando das perdas de mais cedo e terminando seu primeiro dia de negociação de dezembro em território positivo, caíram de repente após os ex-conselheiro de segurança nacional norte-americano Michael Flynn se declarou culpado por mentir para o FBI.

O índice FTSEurofirst 300 caiu 0,74 por cento, a 1.508 pontos, enquanto o índice pan-europeu STOXX 600 perdeu 0,7 por cento, a 384 pontos.

O índice britânico FTSE, que havia sido pressionado pelo fortalecimento da libra nesta semana, teve queda de 0,36 por cento.

As ações e o dólar caíram com a reportagem da rede ABC News informando que Flynn estava preparado para testemunhar que o presidente Donald Trump o orientou a fazer contato com os russos.

A notícia desencadeou uma alta no euro e na libra, prejudicando as ações, já que os investidores questionaram a capacidade do presidente dos EUA para implementar seu corte de impostos ou simplesmente sobreviver à tempestade política.

"A velha conversa sobre o presidente Trump sofrendo impeachment surgiu de novo", comentou o analista da CMC Markets David Madden.

O setor de petróleo e gás estava entre os poucos com performance positiva, graças ao avanço dos preços do petróleo depois que a Organização dos Países Exportadores de Petróleo (Opep) e outros grandes produtores concordarem em estender o corte de produção. As ações da BP subiram 0,6 por cento e Royal Dutch Shell avançou 0,2 por cento.

O índice de viagem e lazer também teve alta, de 0,31 por cento, depois que o Deutsche Bank trouxe uma visão positiva das ações de transporte e elevou Lufthansa e Air France-KLM, que subiram, respectivamente, 1,3 por cento e 0,9 por cento.

As financeiras recuaram, com Santander perdendo 2,5 por cento, Barclays, 2,1 por cento, e Lloyds, 1,9 por cento.

O índice FTSEurofirst 300 fechou em queda de 0,74 por cento, a 1.507 pontos.

Em LONDRES, o índice Financial Times recuou 0,36 por cento, a 7.300 pontos.

Em FRANKFURT, o índice DAX caiu 1,25 por cento, a 12.861 pontos.

Em PARIS, o índice CAC-40 perdeu 1,04 por cento, a 5.316 pontos.

Em MILÃO, o índice Ftse/Mib teve desvalorização de 1,17 por cento, a 22.106 pontos.

Em MADRI, o índice Ibex-35 registrou baixa de 1,23 por cento, a 10.085 pontos.

Em LISBOA, o índice PSI20 desvalorizou-se 0,23 por cento, a 5.350 pontos.

(Por Helen Reid)

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos