Bolsas

Câmbio

Preços ao consumidor no Japão em outubro levanta dúvidas sobre pressão inflacionária

TÓQUIO (Reuters) - O índice nacional de preços ao consumidor do Japão avançou em outubro em relação ao ano anterior, marcando o 10º mês seguido de alta, mas a medida que exclui a energia mostrou que a inflação não acelera por três meses consecutivos.

O núcleo do índice de preços ao consumidor, que inclui produtos de petróleo mas exclui os voláteis preços de alimentos frescos, subiu 0,8 por cento em outubro ante o ano anterior, devido ao avanço nos preços da gasolina, querosene e saúde, de acordo com dados divulgados nesta sexta-feira.

O resultado igualou a expectativa em pesquisa da Reuters após alta de 0,7 por cento em setembro.

Mas eliminando o efeito de alimentos frescos e energia, o chamado núcleo do núcleo dos preços ao consumidor avançou 0,2 por cento em outubro sobre o ano anterior, igualando os resultados de setembro e agosto e levantando preocupações de que as pressões inflacionárias não estão aumentando.

(Reportagem de Stanley White e Chris Gallagher)

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos