Bolsas

Câmbio

Cargill avalia projeto Ferrogrão em parceria com rivais ADM e Bunge

SÃO PAULO (Reuters) - A unidade brasileira da multinacional do agronegócio Cargill está considerando participação com parceiros no projeto ferroviário Ferrogrão, disse o CEO da empresa no país, Luiz Pretti, durante evento em São Paulo.

Os parceiros no projeto de 14 bilhões de reais incluem as rivais ADM, Bunge e a brasileira Amaggi, disse Pretti.

Com cerca de 1.100 quilômetros de extensão, a Ferrogrão deverá ligar regiões produtoras de grãos do Centro-Oeste ao porto fluvial de Miritituba, no Pará, de onde as cargas seguem em barcaças até terminais no Norte do país, para depois serem exportadas.

A Cargill está aguardando a conclusão da modelagem do projeto antes de começar discussões com possíveis parceiros, disse Pretti, durante o evento.

O governo pretende realizar no ano que vem o leilão da concessão da Ferrogrão.

O vencedor do certame será aquele que oferecer ao governo federal o maior valor de outorga para a ferrovia.

INVESTIMENTOS

A Cargill, que vende 36 bilhões de reais por ano no Brasil, já investiu 1,2 bilhão de dólares no país ao longo dos últimos seis anos, disse o executivo.

No próximo ano, a Cargill planeja um investimento de 500 milhões de reais no Brasil, com 70 por cento direcionado a projetos de infraestrutura, disse Pretti.

(Por Ana Mano)

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos