Em convenção marcada para o dia 14, DEM receberá novos deputados

BRASÍLIA (Reuters) - O DEM fará uma convenção no dia 14 de dezembro para receber oficialmente oito deputados que deixam o PSB, discutir seu programa e se preparar para as eleições de 2018.

Segundo o líder nacional do partido, senador José Agripino (RN), não está descartada a discussão sobre eventual mudança de nome da legenda.

"A convenção vai discutir a formulação programática do partido, a formulação de novas ideias, e a discussão de eventual mudança de nome", disse Agripino à Reuters.

Para ele, a convenção abrirá as portas para a filiação de deputados que deixam o PSB munidos de uma carta de anuência da sigla.

O presidente do DEM, no entanto, diz que não haverá espaço, na convenção, para a discussão ou o lançamento de uma pré-candidatura própria.

"Absolutamente! De jeito nenhum, não está em pauta", afirmou o senador, acrescentando que "seria extemporâneo" qualquer anúncio do tipo.

Na mesma linha, o líder do DEM na Câmara, Efraim Filho (PB), avaliou que "não é hora de o partido se antecipar" e acrescentou que "2018 será tratado em 2018".

(Reportagem de Maria Carolina Marcello)

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos