Bolsas

Câmbio

Comissão Europeia propõe fundo do euro para choques, reformas e financiamento de investimento

BRUXELAS (Reuters) - A Comissão Europeia propôs nesta quarta-feira criar um fundo monetário da zona do euro para ajudar os países a lidar com crises econômicas, apoiar o investimento e dar incentivos em dinheiro para reformas estruturais para países da UE que querem se juntar à zona de moeda única.

O pacote da Comissão, que será discutido por todos os líderes da União Europeia em 15 de dezembro, exceto os do Reino Unido, pretende unir a UE em torno da moeda única após o crescimento do sentimento anti-UE em toda a Europa e a saída britânica do bloco em 2019.

"As medidas vão apoiar os Estados membros para tornar suas economias mais resiliente e estáveis e reforçar a nossa capacidade de gestão de crises", afirmou o vice-presidente da Comissão, Valdis Dombrovskis, em entrevista coletiva.

"Para prosperar, a zona do euro tem que ser aberta e inclusiva. Devemos apoiar, por todos os meios, os esforços dos países da UE que desejam realizar uma jornada para se juntar ao euro, para garantir que eles possam estar totalmente prontos para prosperar dentro da nossa união monetária", disse ele.

A Comissão também propôs criar o cargo de ministro europeu para Economia e Finanças e transformar o fundo de resgate do governo da zona do euro em uma instituição da UE, supervisionada pelo Parlamento europeu.

(Por Jan Strupczewski e Francesco Guarascio)

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos