Bolsas

Câmbio

Oleoduto britânico no Mar do Norte deve ficar fechado por semanas, diz operador

Por Amanda Cooper e Alex Lawler

LONDRES (Reuters) - O maior oleoduto do Reino Unido, proveniente do Mar do Norte, deverá ficar fechado por várias semanas para reparos, disse o operador do sistema nesta terça-feira, interrompendo o fluxo de petróleo e levando as cotações da commodity ao maior nível desde meados de 2015.

O fechamento ocorreu em meio a uma forte nevasca no Reino Unido, que eleva a demanda por combustíveis de aquecimento, acarretando em redução no fornecimento de gás pelo oleoduto que carrega um terço do produto offshore do país.

"Temos ouvido que provavelmente ficará fechado por duas semanas", disse uma fonte da indústria com conhecimento das operações.

O oleoduto, que carrega cerca de 450 mil barris por dia (bpd) de petróleo Forties, foi fechado depois que algumas rachaduras foram encontradas.

O sistema tem um significado importante para os mercados globais, porque o Forties é o maior dos cinco fluxos de petróleo que sustentam o padrão de referência Brent, contra o qual outros preços do petróleo são amplamente baseados.

Nesta quinta-feira, os futuros do Brent subiram acima de 65 dólares por barril pela primeira vez desde meados de 2015 após o fechamento do oleoduto ser anunciado na segunda-feira.

(Reportagem adicional de Oleg Vukmanovic)

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos