Bolsas

Câmbio

Marun diz que ainda não há decisão sobre data para votar Previdência

BRASÍLIA (Reuters) - Ainda não existe decisão sobre se a reforma da Previdência será votada na Câmara dos Deputados na próxima semana ou somente em 2018, disse nesta quinta-feira o deputado Carlos Marun (PMDB-MS), que assumirá o comando da Secretaria de Governo do presidente Michel Temer.

Marun disse a jornalistas que acredita ainda ser possível votar a reforma na próxima semana na Câmara, mas a decisão sobre pautar a proposta será tomada pelo presidente da Casa, Rodrigo Maia (DEM-RJ).

Na véspera, o líder do governo no Senado, Romero Jucá (PMDB-RR), afirmou que a votação ficará para 2018, mas foi desautorizado pelo próprio Maia e outros líderes governistas, que disseram que a decisão ainda não havia sido tomada sobre a data de votação da reforma.

"Eu volto a destacar que não existe decisão tomada nesse sentido e que ainda penso ser possível uma votação na semana que vem", disse Marun no Congresso.

Segundo o deputado, o adiamento da votação para fevereiro era uma possibilidade estudada pelo governo e que Jucá a verbalizou por entender que uma decisão havia sido tomada.

Marun disse também que a decisão de Maia sobre pautar a reforma não será influenciada pela declaração de Jucá.

(Reportagem de Mateus Maia)

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos