Bolsas

Câmbio

Venezuela concede campos de gás para russa Rosneft

MOSCOU (Reuters) - A Venezuela concedeu licenças para uma unidade da petrolífera estatal russa Rosneft para desenvolver dois campos marítimos de gás, afirmou a companhia em comunicado.

O presidente venezuelano, Nicolás Maduro, assinou o acordo durante visita à Venezuela do presidente-executivo da Rosneft, Igor Sechin, afirmou a empresa.

Durante a visita, Sechin também discutiu cooperação da Rosneft com a petrolífera estatal venezuela PDVSA.

Sob o acordo, válido por 30 anos, a Rosneft vai ser operadora dos campos de gás de Patao e Mejillones. A Rosneft terá direito de vender a produção dos campos para exportação, incluindo na forma de gás natural liquefeito, afirmou a companhia russa.

As reservas totais estimadas dos dois campos são de 180 bilhões de metros cúbicos (bmc) de gás e a produção anual máxima é estimada em 6,5 bmc.

A PDVSA deve à Rosneft 6 bilhões de dólares, estimou a companhia russa em agosto.

No mês passado, o ministério das Finanças da Rússia concordou em reestruturar a dívida da Venezuela com Moscou, deixando de fora as dívidas da PDVSA com a Rosneft.

No sábado, o presidente de Cuba, Raul Castro, reuniu-se com Sechin em Havana, no mais recente sinal de que os dois países estão preparando um importante acordo na área de óleo e gás, informou a mídia estatal.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos