Bolsas

Câmbio

Safras corta previsão de colheita de soja 2017/18 do Brasil, mas ainda vê recorde

SÃO PAULO (Reuters) - A consultoria Safras & Mercado reduziu sua projeção para a safra de soja 2017/18 do Brasil para 114,57 milhões de toneladas, de 114,70 milhões previstas no levantamento anterior, de outubro, de acordo com nota divulgada nesta segunda-feira.

A ligeira revisão para baixo da Safras --cujos números em geral estão mais altos em relação aos vistos no mercado-- contrasta com as elevações reportadas por outras consultorias, que citam condições climáticas favoráveis para as lavouras.

A Companhia Nacional de Abastecimento (Conab) também elevou sua projeção para a produção da oleaginosa, na semana passada.

Conforme a Safras, caso sua estimativa se confirme, o volume será 0,3 por cento maior na comparação com o recorde de 114,23 milhões de toneladas reportado pela consultoria no ciclo 2016/17.

Com as lavouras em fase final de plantio, a Safras apontou ainda um aumento de 5 por cento na área ante a temporada passada, que deve ficar em 35,49 milhões de hectares, ante 33,815 milhões de hectares na temporada anterior.

"A transferência de áreas de milho para soja se consolida como o principal fator para o aumento da área destinada à oleaginosa nesta nova temporada", afirmou o analista da Safras, Luiz Fernando Roque, em relatório.

A produtividade média deverá cair para 3,244 toneladas por hectare em 2017/18, ante 3,395 toneladas por hectare em 2016/17.

(Por José Roberto Gomes; edição de Roberto Samora)

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos