Bolsas

Câmbio

Maluf se entrega à PF em São Paulo para cumprir pena de prisão

(Reuters) - O deputado Paulo Maluf (PP-SP) se entregou na manhã desta quarta-feira à Polícia Federal em São Paulo para iniciar o cumprimento de pena de 7 anos e 9 meses de prisão por lavagem de dinheiro, após determinação do ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Edson Fachin.

Maluf foi condenado por lavagem no caso em que é acusado de receber recursos no exterior provenientes de propina por obras superfaturadas quando foi prefeito de São Paulo, entre 1993 e 1996, como as da então Avenida Água Espraiada, atualmente Avenida Roberto Marinho.

A prisão foi decretada por Fachin na terça-feira, após rejeitar recursos propostos pela defesa do deputado. [nL1N1OJ1R7]

O advogado Antônio Carlos de Almeida Castro, o Kakay, que representa Maluf, afirmou que ingressará com uma ação cautelar junto à Presidência do Supremo para tentar reverter a prisão.

"A decisão monocrática retira do dr. Paulo o direito de ter o segundo grau e retira do Plenário do Supremo o direito de dar a palavra final a este processo. Por acreditar no Judiciário, a defesa continuará a questionar esta decisão que entende ser teratológica e contrária a jurisprudência da Suprema Corte", disse Kakay em mensagem por escrito.

(Por Pedro Fonseca, no Rio de Janeiro)

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos