Bolsas

Câmbio

Acordo comercial entre Japão e UE deve impulsionar PIB japonês em 1% por ano

TÓQUIO (Reuters) - Um acordo de livre comércio com a União Europeia impulsionaria o Produto Interno Bruto (PIB) do Japão em 1 por cento ao ano, assim que os benefícios façam efeito em 10 a 20 anos, mostrou uma estimativa do governo nesta quinta-feira.

O primeiro-ministro japonês, Shinzo Abe, vem promovendo o livre comércio como um pilar de sua estratégia de crescimento. O Japão e a UE, que concluíram negociações sobre o pacto comercial, esperam que ele entre em vigor no início de 2019, segundo a mídia.

O Escritório do Gabinete estimou que o acordo comercial impulsionará o PIB do Japão em 5 trilhões de ienes (44 bilhões de dólares) por ano, ou cerca de 1 por cento, e criará 290 mil empregos.

No entanto, os agricultores do Japão seriam afetados porque os preços do trigo, da carne e outras importações de alimentos serão reduzidos, intensificando a concorrência com os produtores nacionais. O Escritório do Gabinete estimou que a produção agrícola doméstica cairá em 60 bilhões, para 110 bilhões de ienes.

O Escritório do Gabinete também estimou que a Parceria Transpacífico de 11 países --que requer mais trabalho depois que os Estados Unidos saíram do grupo neste ano-- impulsionaria o PIB do Japão em cerca de 1,5 por cento ao ano, ou 8 trilhões de ienes, e criaria 460 mil empregos.

(Por Kaori Kaneko)

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos