Bolsas

Câmbio

Com 40 mil venezuelanos no Brasil, situação no país vizinho preocupa, diz ministro da Defesa

BRASÍLIA (Reuters) - O ministro da Defesa, Raul Jungmann, disse nesta quinta-feira que a situação da Venezuela --que atravessa grave crise política e econômica-- preocupa as autoridades brasileiras, uma vez que há 40 mil venezuelanos que estão no Brasil.

Jungmann afirmou que a chegada de cidadãos de países vizinhos tem trazido um "peso muito grande" aos sistemas públicos de saúde e de segurança nas localidades que têm recepcionado essas pessoas.

"Nossas preocupações estão centradas aí", disse ele, ao destacar que houve um número "muito grande" de venezuelanos na região. Ele chegou a estimar que, em determinadas localidades, 30 por cento da assistência de saúde têm sido prestada a refugiados do país vizinho.

Em entrevista coletiva na qual fez um balanço da sua gestão, o ministro da Defesa afirmou que o Brasil tem acordos humanitários e que vai receber refugiados. Ele disse esperar uma solução para a crise que ocorra de maneira pacífica.

"Nós não queremos nenhuma intervenção externa", frisou ele, destacando que já levou esse posicionamento em encontros com autoridades de outros países.

(Reportagem de Ricardo Brito)

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos