Bolsas

Câmbio

BC da China libera dinheiro para bancos antes de feriado do Ano Novo Lunar

Por Winni Zhou e Kevin Yao

XANGAI (Reuters) - O banco central da China afirmou que permitirá que alguns bancos comerciais mantenham temporariamente menos reservas exigidas para ajudá-los a lidar com a forte demanda por dinheiro antes do feriado do Ano Novo Lunar, medida que analistas dizem não sinalizar qualquer mudança de política monetária.

Nos últimos anos, o Banco do Povo da China tem fornecido alguma forma de suporte de liquidez para os bancos lidarem com a demanda maior por dinheiro das famílias e das empresas antes do início do grande feriado que começa entre meados de janeiro e meados de fevereiro.

Em 2018, o primeiro dia do Ano Novo Lunar é em 16 de fevereiro.

O mecanismo que o banco central anunciou nesta sexta-feira é o primeiro que permite que alguns bancos comerciais nacionais reduzam o volume de reservas que precisam manter junto ao BC.

A medida ajudará a "promover operações harmoniosas do mercado monetário e dará suporte a instituições financeiras", disse o banco central.

Segundo o comunicado do banco central, alguns bancos poderão reduzir sua taxa de compulsório em até 200 pontos básicos, por 30 dias.

Para os principais bancos, a taxa de compulsório é de 17 por cento de seus depósitos.

O comunicado não especificou quando o mecanismo para disponibilizar mais dinheiro entrará em vigor.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos