Bolsas

Câmbio

Petrobras

Acordo da Petrobras para encerrar ação nos EUA reduz incertezas, diz Fitch

Marta Nogueira

RIO DE JANEIRO (Reuters) - O acordo fechado pela Petrobras com investidores nos Estados Unidos para encerrar uma ação coletiva contra a companhia reduz incertezas para a estatal brasileira, mas tem impacto neutro sobre o perfil de crédito da empresa, afirmou nesta quinta-feira a agência de classificação de risco Fitch Ratings, em um comunicado.

A petroleira informou na quarta-feira que assinou acordo para encerrar a chamada Class Action nos Estados Unidos em troca do pagamento de US$ 2,95 bilhões.

A ação coletiva foi movida por investidores da estatal em decorrência de perdas provocadas pelo envolvimento da companhia nos desvios revelados pela operação Lava Jato, da Polícia Federal.

Segundo a agência, caso o acordo seja aprovado pela Justiça norte-americana, o montante a ser pago "pode ser coberto com dinheiro em caixa e o impacto negativo sobre a alavancagem e fluxo de caixa é gerenciável".

"Do lado positivo, o anúncio do acordo reduz incertezas quanto ao processo movido por investidores relacionado ao escândalo de corrupção que surgiu em 2014", disse a Fitch no comunicado.

Basta cavar para achar petróleo?

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos