ipca
0,45 Out.2018
selic
6,5 31.Out.2018
Topo

Vendas de novas moradias nos EUA têm maior queda em quase 1 ano e meio em dezembro

25/01/2018 13h14

WASHINGTON (Reuters) - As vendas de novas moradias nos Estados Unidos caíram mais que o esperado em dezembro, registrando o maior recuo em quase um ano e meio, provavelmente em razão da diminuição dos esforços para substituir casas danificadas por inundações em partes do sul do país que foram afetadas por furacões.

O Departamento de Comércio dos EUA informou nesta quinta-feira que as vendas de novas moradias recuaram 9,3 por cento no último mês, para uma taxa anual sazonalmente ajustada de 625 mil unidades. A queda foi a maior desde agosto de 2016, segundo o órgão.

A leitura das vendas em novembro também foi reduzida para 689 mil unidades, o que ainda configura o desempenho mais forte desde julho de 2007, ante 733 mil unidades reportadas inicialmente.

As temperaturas extraordinariamente baixas no final de dezembro também influenciaram as vendas. Economistas ouvidos pela Reuters previam que as vendas de novas moradias, que respondem por 10,1 por cento do mercado imobiliário nos EUA, despencassem 7,9 por cento em dezembro, para 679 mil unidades.

Na comparação mensal, as vendas de novas moradias estão voláteis, tendo caído 9,8 por cento no sul em dezembro, após saltarem 6,6 por cento em novembro em meio aos esforços de reconstrução após a passagem devastadora dos furacões Harvey e Irma. No Meio-Oeste, houve queda de 10 por cento em dezembro sobre novembro.

No acumulado de 2017, as vendas de novas moradias subiram 8,3 por cento, para 608 mil unidades.

(Por Lucia Mutikani)

Mais Economia