ipca
0,48 Set.2018
selic
6,5 19.Set.2018
Topo

Se Lula não concorrer à Presidência, candidato de centro sai favorecido, diz Meirelles à CBN

26/01/2018 09h46

SÃO PAULO (Reuters) - Caso o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva fique de fora da corrida eleitoral deste ano, candidatos de centro serão beneficiados, afirmou nesta sexta-feira o ministro da Fazenda, Henrique Meirelles, que trabalha com a possibilidade de se candidatar à Presidência.

Meirelles disse ainda, em entrevista à rádio CBN, que os candidatos "extremistas" têm uma espécie de teto, um limite de votos.

A candidatura de Lula está ameaçada após o Tribunal Regional Federal da 4ª Região (TRF-4) decidir por unanimidade, na quarta-feira, manter a condenação do ex-presidente pelos crimes de corrupção passiva e lavagem de dinheiro.

Meirelles, que é filiado ao PSD, vem trabalhando nos bastidores para sair candidato e, publicamente, tem dito que tomará sua decisão apenas em abril, prazo para que integrantes do Executivo deixem seus cargos para concorrer nas eleições.

O ministro, que esteve em Davos, na Suíça, participando do Fórum Econômico Mundial, disse que o recente rebaixamento da classificação soberana do Brasil pela Standard & Poor's ocorreu por uma "coisa específica", a situação fiscal.

"Fica parecendo uma coisa grandiosa (o rebaixamento)", afirmou o ministro.

Meirelles disse ainda que, "a princípio", o texto da reforma da Previdência que está para análise na Câmara dos Deputados é justo e correto, mas ressaltou que o Congresso é soberano para fazer eventuais mudanças.

(Por Patrícia Duarte)

Newsletters

Receba dicas para investir e fazer o seu dinheiro render.

Quero receber

Mais Economia