ipca
0,45 Out.2018
selic
6,5 31.Out.2018
Topo

Crescimento da indústria da China permanece forte com alta da produção, mostra PMI do Caixin/Markit

01/02/2018 07h08

PEQUIM (Reuters) - O setor industrial da China sustentou o crescimento em máximas de vários meses em janeiro, mostrou a pesquisa Índice de Gerentes de Compras (PMI, na sigla em inglês) do Caixin/Markit nesta quinta-feira, uma vez que as indústrias continuaram a aumentar a produção para atender às novas encomendas.

O PMI do Caixin/Markit para a indústria da China ficou em 51,5 em janeiro, inalterado ante o mês anterior e contra expectativa em pesquisa da Reuters de queda para 51,3.

A leitura de dezembro havia sido a mais alta em quatro meses e acima da marca de 50 que separa crescimento de contração.

O crescimento da produção acelerou para a máxima de 13 meses em janeiro, e o emprego caiu no ritmo mais lento em quase três anos.

As sólidas leituras do PMI do Caixin podem ajudar a tranquilizar os investidores internacionais de que a economia da China ainda está expandindo a um ritmo saudável conforme alimenta novos motores de crescimento.

Analistas projetam uma desaceleração da expansão econômica no início deste ano após crescimento acima do esperado de 6,9 por cento em 2017.

A pesquisa oficial sobre a atividade industrial em janeiro divulgada na quarta-feira indicou ligeira perda de força.

"A pressão de baixa sobre a economia no primeiro trimestre pode ser ligeiramente maior do que no quarto trimestre (do ano passado)", disse Wang Jun, economista-chefe do Zhongyuan Bank. "Projetamos que o crescimento do PIB no primeiro trimestre será em torno de 6,7 por cento."

(Reportagem de Stella Qiu e Ryan Woo)

Mais Economia