Bolsas

Câmbio

Base de telefonia fixa recua 3% em 2017, diz Anatel

Por Taís Haupt

SÃO PAULO (Reuters) - O Brasil encerrou 2017 com 40,8 milhões de linhas fixas ativas, uma redução de 1,2 milhão de conexões, ou 2,96 por cento, ante 2016, informou a Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel) nesta sexta-feira.

Entre as empresas concessionárias, a maior do setor, o grupo em recuperação judicial Oi, fechou o ano com base de 13,3 milhões de linhas ativadas, queda de 5,91 por cento sobre 2016.

A Telefônica Brasil teve queda de 3 por cento no ano, para 9,379 milhões de linhas fixas ativas em sua área de concessão. Na base autorizada, a operadora ficou com a base quase estável em 4,753 milhões, segundo os dados da agência.

A Claro, maior autorizada a prestar serviço de telefonia fixa no país, teve queda de 2,2 por cento na base em 2017, para 10,871 milhões de linhas.

(Por Taís Haupt)

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos