Bolsas

Câmbio

Maior refinaria da Venezuela retoma parcialmente as operações

PUNTO FIJO, Venezuela (Reuters) - A refinaria Amuay, a maior da Venezuela, retomou as operações durante a semana, embora algumas unidades ainda não estejam funcionando, disseram no sábado um líder sindical e um trabalhador.

A instalação com capacidade para processar 645 mil barris de petróleo por dia (bpd) foi completamente paralisada em meados de janeiro.

"Amuay já está produzindo 230 mil bpd", disse Iván Freites, representante sindical dos trabalhadores para a petrolífera Petróleos de Venezuela (PDVSA). Ele afirmou que nos últimos quatro dias os destiladores Amuay 1, 2 e 5 foram ativados.

A empresa estatal PDVSA, que gerencia a instalação, não respondeu imediatamente a um pedido de informações.

Outro trabalhador de Amuay confirmou que algumas unidades já estavam funcionando no sábado, mas no meio do dia houve um incêndio em uma usina de hidrogênio que ainda não estava em serviço e o incidente foi controlado sem vítimas.

O sindicalista Freites disse que o fogo deixou "dano material considerável".

O circuito de refinaria venezuelano sofre uma queda substancial em suas operações, afetadas por falhas recorrentes que os críticos da gestão da PDVSA atribuem à falta de investimento, roubo e má gestão das unidades.

(Reportagem de Mircely Guanipa)

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos