ipca
0,45 Out.2018
selic
6,5 31.Out.2018
Topo

Reino Unido descarta participar de união alfandegária com a UE após o Brexit

05/02/2018 11h12

Por Andrew MacAskill e William James

LONDRES (Reuters) - O Reino Unido descartou permanecer em qualquer união alfandegária com a União Europeia após o Brexit, afirmou nesta segunda-feira o porta-voz da primeira-ministra Theresa May, no momento em que o governo se prepara para uma semana decisiva sobre as negociações.

A extensão de qualquer envolvimento britânico pós-Brexit na união alfandegária da UE --que vincula membros a um bloco comercial com tarifas externas comuns-- tornou-se uma importante questão de discórdia dentro do governo dividido de May e do Partido Coservador.

A adesão a, ou uma, união alfandegária após o Brexit impediria Londres de fechar acordos comerciais com países de fora da UE no futuro.

"O ponto, como a primeira-ministra tem dito em muitas, muitas ocasiões, é que precisamos ter nossa própria política comercial independente e sermos capazes de fechar acordos comerciais com o resto do mundo", disse o porta-voz de May a repórteres.

"Vamos deixar a UE e a união alfandegária e não é política do governo ser membro 'da' união alfandegária ou de 'uma' união alfandegária."

Ele explicou que a postura oficial de negociação foi determinada em um documento publicado em agosto dando: "duas possíveis opções e elas são: um acordo alfandegário altamente aperfeiçoado, e uma nova parceria alfandegária com a UE".

O porta-voz disse que o Reino Unido ainda está avaliando ambas as opções, e que nenhum prazo para uma decisão sobre qual deles buscar foi determinado.

Mais Economia