Bolsas

Câmbio

Futuros do coque e minério de ferro sobem na China desafiando queda em mercados globais

Por Manolo Serapio Jr

MANILA (Reuters) - Os futuros do coque na China avançaram para uma máxima de seis semanas nesta terça-feira, e as cotações do aço e do minério de ferro subiram para o patamar mais alto em mais de uma semana, com investidores desafiando a turbulência nos mercados globais e elevando suas apostas nas commodities em meio a interrupções na oferta.

As commodities relacionadas ao aço estão entre as poucas que escaparam do tombo que seguiu-se à maior perda diária em Wall Street desde 2011 na segunda-feira. Em meio às preocupações com a inflação nos EUA, o petróleo e o cobre cederam mais de 1 por cento, enquanto as ações asiáticas afundaram ainda mais, em linhas com ações norte-americanas.

O trabalho agressivo da China para combater a poluição, cortando capacidade de produção, levou a um aperto na oferta de aço no país. Os esforços levaram os preços do aço a subir quase 50 por cento no ano passado, enquanto as margens da indústria também atingiram os melhores níveis em décadas.

O contrato mais ativo de coque na bolsa de Dalian fechou em alta de 2,1 por cento, para 2.119,50 iuanes por tonelada, após uma chegar a subir 3,1 por cento, para o maior nível desde 25 de dezembro. Ele já havia subido 4,7 por cento na segunda-feira.

O carvão de coque subiu 0,9 por cento, para 1.359 iuanes por tonelada, após alta de 4,2 por cento na segunda-feira.

O minério de ferro na Bolsa de Dalian tocou uma máxima de mais de uma semana, a 529 iuanes por tonelada, antes de fechar com alta de 0,3 por cento, a 521 iuanes por tonelada.

O aço na Bolsa de Xangai fechou estável, a 3.943 iuanes por tonelada, após tocar uma máxima em duas semanas de 3.998 iuanes.

(Reportagem adicional de Ruby Lian, em Xangai, e Muyu Xu, em Pequim)

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos