ipca
0,45 Out.2018
selic
6,5 31.Out.2018
Topo

Perdas nos mercados acionários globais chegam a US$4 tri

06/02/2018 10h44

Por Marc Jones

LONDRES (Reuters) - Os mercados acionários mundiais despencavam pelo quarto dia seguido nesta terça-feira, registrando perdas de 4 trilhões de dólares no preços dos ativos se comparado com há apenas oito dias.

As principais bolsas da Europa tinham queda de cerca de 2 por cento, deixando os investidores com poucas opções a não ser buscar os tradicionais refúgios como o ouro e um dos gatilhos iniciais das vendas: títulos soberanos. [GVD/EUR]

As commodities permanecia fracas, com o petróleo e os metais industriais recuando depois que o início de ano otimista dos mercados azedou rapidamente.

"O recreio oficialmente acabou, crianças", disseram analistas do Rabobank. "A alta volatilidade dolorosamente lembra alguns investidores que apostas de via única não existem".

As vendas de ações foram vistas por alguns como uma correção saudável após a rápida alta no ano passado, mas o nervosismo dava o tom com o movimento chegando à Ásia e à Europa.

"As movimentações dos preços são claramente direcionadas por fatores técnicos, ligados ao brutal despertar da volatilidade acionária", disse o chefe de gerenciamento de ativos da JCI Capital Ltd, Alessandro Balsotti. "Estamos sem dúvida em águas não navegadas."

O gatilho foi a forte alta nos rendimentos dos títulos dos Estados Unidos após dados mostrarem na semana passada que os salários no país aumentaram no maior ritmo desde 2009, soando o alarme sobre inflação mais elevada e com isso o potencial de taxa de juros mais alta.

Isso pode ser doloroso para mercados que foram escorados por estímulo de bancos centrais por muitos anos.

Mais Economia